Como usar o aplicativo

SINE Fácil

Existem 02 formas de acesso do SINE Fácil Trabalhador:

1 - Entrar com cidadão.br

Nesse caso, todo o processo poderá ser feito pelo smartphone. O trabalhador informará os dados pessoais (CPF, nome, data de nascimento, nome da mãe) e Estado de nascimento). Se for nascido no exterior, a opção será "Não sou brasileiro". Essas informações serão validadas no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Caso estejam corretas, o trabalhador será direcionado a responder um questionário com cinco perguntas sobre seu histórico laboral. Por isso, é importante ter em mãos a Carteira de Trabalho física ao tentar instalar o aplicativo mobile.

É preciso acertar pelo menos quatro das cinco perguntas. Em seguida, o trabalhador receberá uma senha provisória, que deverá ser trocada no primeiro acesso. Caso o usuário não consiga acertar as respostas, terá de aguardar 24 horas para uma nova tentativa ou entrar em contato com a central 135 do INSS para auxílio.

2 - Entrar com o QR Code

O código pode ser obtido no Portal 'Emprega Brasil' (empregabrasil.mte.gov.br), nas unidades de atendimento do SINE, no documento que ele recebe no ato da rescisão de contrato ou na solicitação do seguro desemprego.

O código de acesso é individual, o que garante mais segurança às informações e agilidade no atendimento.

Após instalar o aplicativo no seu celular ou tablet, o trabalhador deverá digitalizar o código utilizando a câmera fotográfica do aparelho celular.

* Depois de acessar, o trabalhador precisará preencher seus dados pessoais principais e as informações de contato.

Dicas importantes!

Lembre-se! As vagas de emprego que aparecerão para o trabalhador serão filtradas conforme o que ele tiver preenchido no campo Objetivos Profissionais.

Se ele se interessar pelas vagas poderá, pelo próprio aplicativo, se candidatar a elas.

Ao agendar horário e dia de entrevista, esse agendamento ficará salvo no aplicativo e poderá ser consultado no campo Agenda de Entrevistas.